Notícias

Nota de Esclarecimento:

No Domingo dia (15), foi publicado no Jornal “O Tempo” da capital mineira, que cerca de 2.500 pessoas que receberam a vacina pela campanha contra a Covid-19 em Minas Gerais, podem ter recebido, de forma equivocada, doses de fabricantes diferentes do imunizante entre a primeira e a segunda aplicação. Segundo a reportagem, isso teria ocorrido na maioria dos Municípios Mineiros, até mesmo em Lagoa Formosa.

A Coordenadora da Vigilância em Saúde Regional, afirmou á Iara Lima, Coordenadora da vigilância em saúde de Lagoa Formosa que ficou surpresa com a publicação, pois na análise dela, não foi realizada por nenhuma das instituições gestoras da saúde (Distrital, Municipal, Regional, Estadual, nem Federal). Não fizeram envio das informações que permitam uma avaliação técnica precisa e verdadeira. Também não esclareceu qual foi à metodologia adotada e nem como conseguiram chegar à conclusão que subsidiou a elaboração da matéria jornalística sem conseguir dados de identificação individual. Somente o Jornal poderá responder questionamentos relacionados ao que afirmam na matéria.

A Secretária de Saúde de Lagoa Formosa Joventina Ferreira ficou surpresa e perplexa com o conteúdo das afirmações do jornal, afirmando de modo categórico que, não existe a mínima possibilidade de ter acontecido isto em Lagoa Formosa. A Secretária comentou ainda que, a equipe da epidemiologia do município encaminha às UBS’s vacinas do mesmo laboratório com intuito de evitar possíveis erros.